Nascimento de um Bezerro

>> segunda-feira, janeiro 25, 2010

DSC_1295
Ontem, quando deambulava por aqui, encontrei este conjunto de vacas num prado junto à estrada. Já me tinha dado conta de que elas são tipo peixinhos de aquário: quando nos aproximamos, acham que lhes vamos dar comida. Daí este divertido ar de pose.

DSC_1297
Pouco depois, vi um bezerro acabado de nascer, com o "parteiro" ainda a acabar a sua tarefa e a mãe prostrada e sangrando das partes.
O "parteiro" foi-se embora e deixou o bezerro deitado na terra. Perguntei-lhe se estava vivo e ele disse que sim, que se levantaria daqui a um bocado. Esperei, mas nada aconteceu. Entretanto voltei para casa e, quando contei aos putos o que tinha visto, fizeram-me lá voltar.

DSC_1312
Acontece que, apesar de a mãe já estar de pé e a começar a tratar do bezerro, ele continuou a não se pôr de pé.
As próximas fotos são do Lourenço e da Madalena a olharem para o recém-nascido, deitado na terra.

DSC_1307

DSC_1308

DSC_1309

DSC_1310

5 comments:

Nana 1/25/2010 1:51 da tarde  

Acho muito giro ! E mais do que uma lição de vida, para os teus filhos, é um momento de partilha extraordinàrio !
Viva a vida !

Anónimo,  1/25/2010 3:25 da tarde  

Este Arrumàrio està muito giro !
E os teus filhos também !
Rosario

Fernando Oliveira 1/25/2010 4:26 da tarde  

Estes "putos" estão a ficar com o olhar dos ilhéus, sonhadores e tranquilos.
Estão realmente muito lindos. Gosto muito deles. Relativamente ao bezerro, ve lá se contas o resto da história que tenho curiosidade. Quem venceu? Ou não vinha com vontade de participar?
Beijos para todos em geral. Ah, gostei muito da prateleira... e da propaganga... Quando lá for vou fazer uma só pra mim com materiais genuinos!

Anónimo,  1/25/2010 8:35 da tarde  

Nunca me tinha apercebido do tempo a passar e de há quanto tempo vejo este blog. Ontem eles eram bebés. Ou nem sequer eram...

nice 1/25/2010 8:49 da tarde  

Adorei este post... ternurento. Maravilhoso. Bem hajas por esta partilha.
Eu conheço a Terceira apenas de passagem, estas imagens fazem-me pensar em voltar. Tenho dois filhotes uma de 4 anos e outro de 4 meses, assim que puder voltarei para lhes mostrar essa pérola no meio do oceano e certamente que terão oportunidade de desvendar mistérios que só na natureza se pode observar...
Beijocas

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP