Consoada

>> quinta-feira, dezembro 25, 2008













Boas Festas.
ZM

Read more...

Mais umas fotos da mesma série...

>> quarta-feira, dezembro 03, 2008









ZM

Read more...

Matar saudades

>> segunda-feira, dezembro 01, 2008













Uma sequência particularmente divertida do Lourenço a morder azedas.

Desejos de boas festas para os poucos leitores que vão passando por cá.
ZM

Read more...

Real Estate

>> domingo, novembro 23, 2008

Dois amigos de longa data tomaram recentemente uma decisão que muitos de nós gostaríamos de ter a coragem de tomar: compraram uma carrinha-casa, desfizeram-se de tudo o que tinham e soltaram amarras. Andam algures pelo mundo, certamente mais felizes do que se tivessem preferido a segurança de se manterem por cá a maldizer o dia a dia.
Têm, por enquanto, uma única ligação ao porto, que não conseguiram quebrar por força do mau estado do mercado imobiliário: o apartamento onde viviam, em Belém.
Para o caso de haver interessados na aquisição de um apartamento com "muito boa onda", a minutos a pé dos pastéis de Belém, com uma vista invejável sobre o rio Tejo, aqui fica o link com a descrição e fotos. Está à venda, mas não sei ao certo o número.
Apartamento em Belém.

Infelizmente não tenho comissão, mas se o futuro comprador aparecer por via do Arrumário, no mínimo vou exigir uma dúzia de Pastéis de Belém e um calendário de 2009 autografado pelo PR.

A transformação que fizeram neste apartamento foi absolutamente fantástica. Lá dentro respira-se bom ar e uma energia particularmente positiva. É daqueles locais onde apetece ficar muito tempo. Se andasse a procurar um T2 para aqueles lados, considerava seriamente uma visita a este e acho que não saía de lá sem deixar um sinal ao vendedor. Espalhem a notícia, porque é um desgosto ver um apartamento com estas características sem ninguém lá dentro a morar.
ZM

Read more...

A banha da cobra

>> sábado, novembro 22, 2008

A notícia do carro eléctrico patrocinado pelo governo português é no mínimo curiosa.
Destaco a frase: "...o Governo pretende que 20 por cento da frota automóvel do Estado tenha emissões zero a partir de 2011"
Emissões zero de quê? De gases de escape? Isso talvez, mas se tivermos em conta que a quase totalidade da electricidade produzida em Portugal provém de centrais térmicas, com rendimentos abaixo dos 40%, é fácil perceber que por cada Km andado nestes carros, com base em energia da nossa rede eléctrica, estaremos a emitir mais do dobro do CO2 que emitiríamos se andássemos num carro convencional a gasolina ou a gasóleo.
Onde estes carros circularem, teremos um ar todo "limpinho", à custa de mais do dobro da poluição em Sines, Setúbal ou Abrantes.
Deixo aqui uma referência ao acaso:
"Power plants burn a third of the fuel in the world. They account for a third of the CO2, therefore, released from the burning of fossil fuel. In my own country they release two thirds of the sulphur oxides and a third of the nitrogen oxides. What's more, every unit of electricity you save at the point of use saves typically three or four units of fuel, namely coal at the power plant. And in socialist or developing countries that ratio is more like five or six to one.", retirado de http://www.ccnr.org/amory.html

O carro eléctrico, no panorama actual, é uma fraude. Teremos provavelmente ainda muitos anos pela frente antes de podermos ter electricidade mais limpa do que o combustível fóssil queimado directamente no motor do carro.
Só não percebo se este projecto é fruto de ignorância ou é mesmo um caso grave de venda da banha da cobra.
ZM

Read more...

Partir para Ficar

>> sexta-feira, novembro 07, 2008



Ando com esta banda completamente em repeat.
Vou ter que ir para os Linda Martinómanos Anónimos.
Se houvirem falar de um concerto, avisem que eu já estou a caminho.

Obrigado Sara pelo Olhos de Mongol. Estou em parafuso com estas cantigas!

Read more...

Duas notas muito breves

>> quarta-feira, novembro 05, 2008

Apenas 2 muito breves notas positivas:
1 - Congratulo-me com a mudança política nos Estados Unidos da América. Penso que estamos a viver uma época que ficará bem gravada nos livros de história e acredito que o resultado desta eleição, no momento que já estamos a viver, vai trazer para o mundo uma energia de mudança muito positiva.
2 - O curso que estou a fazer - Sustainable Energy Systems - é absolutamente extraordinário e apaixonante. Embora isso não me surpreenda na totalidade, sei agora que Portugal tem gente fantástica nas universidades, desde professores a alunos e esta é também uma nota positiva que deixo aqui relativamente ao nosso país.

Num momento de crise como o que estamos a viver, sinto mais a excitação da oportunidade do que a angustia da mudança. Era só isso o que queria deixar aqui registado.

ZM

Read more...

Sem palavras

>> sábado, outubro 04, 2008

Parece-me que não vou conseguir largar isto.
Mas esta eu tinha que deixar aqui:
XDRTB.org

Fiquei triplamente comovido.
Em primeiro lugar, a situação.
Em segundo, as fotos. Reparem nos enquadramentos, nas posições dos olhares dentro do rectângulo, nas linhas que nos conduzem ao objectivo, nas expressões. Impressionante.
Finalmente, a música, banda sonora do Amores Perros, Babel e 21 Gramas. Estou esmagado.

Read more...

A cretinice das praxes

>> quinta-feira, outubro 02, 2008

Só uma pequena nota:
Este blog é totalmente anti-praxe!
A forma como os imbecis dos praxantes olham para os caloiros ofende-me e indigna-me.
Se não há outra forma de acabar com aquilo, deixemo-nos de paninhos quentes, proíba-se.
Apoio este.

Read more...

Adraga

>> domingo, setembro 28, 2008

_DSC2656

_DSC2661

_DSC2665

Ontem participei no meu último compromisso para o ano lectivo 2008/2009, que já estava marcado antes de me meter na aventura da escola. As imagens que aqui vemos foram o resultado de um encontro de fotógrafos na Adraga.
Entretanto, estou a fazer uma pós-graduação que durará um ano lectivo, pelo que tive que encerrar todas as portas para poder dedicar a totalidade do meu tempo e energia a esse projecto.
Por essa razão, tal como já tinha anunciado, o Arrumário vai entrar em ano sabático.
Deixo aqui estas fotos, para tentar alegrar um bocadinho quem cá venha bater com o nariz na porta nos próximos 10 meses ou coisa que o valha.
Se quiserem, assinem ali o RSS. Recomendo o Google Reader, que tenho usado com grande sucesso e satisfação. Assim, se por acaso cair aqui uma foto ou uma linha, sempre serão avisados de forma automática.
Desejem-me força, paciência e coragem, porque com a minha vida, esta vai ser a mais dura de todas as aventuras a que me propus nos últimos tempos (e a mais cara também...)
Hasta la vista, baby...
ZM

Read more...

Up side down

>> segunda-feira, setembro 22, 2008

_DSC2619

Como disse, isto vai abrandar, mas como ainda estou com o balanço, aproveito para partilhar as últimas.

Read more...

LX Factory

_DSC2639

_DSC2641

_DSC2643

_DSC2644

Uma visita à LX Factory, por causa da exposição de Peter Zumthor, deu afinal um conjunto de fotos que não têm nada a ver com a exposição e o seu conteúdo. Prefiro fotografar sozinho, por isso perdi-me no edifício e andei a fotografar arqueologia industrial. Quanto à exposição, vale bem a pena lá passar.

Read more...

Casa Malaparte

>> domingo, setembro 21, 2008

Isto agora anda reduzido a eco do que já está algures na rede.
Este é um pedaço do filme Le Mepris de Jean Luc Godard, filmado numa das mais extraordinárias casas de todos os tempos: a Casa Malaparte, em Capri, do arquitecto Adalberto Libera.

O que é que me atrai no desenho desta casa?

  • A cenografia, em primeiro lugar;
  • O enquadramento nesse cenário;
  • As coberturas caminháveis;
  • Os vãos criteriosos, recortando pedaços concretos da paisagem em redor, em lugar da moda actual de fazer aquários de vidro, sem paredes.
  • O acesso aparentemente complicado;
  • As inúmeras escadas e degraus sobre e em redor da casa.

Mais informações:
http://www.vitruvio.ch/arc/contemporary/1880-1945/casamalaparte.php
http://www.florense.it/Architettura_Mediterranea/Villa_Malaparte.asp
http://www.westfordconnection.com/Photos/Italy/malaparte/index.ht

Read more...

Casa del Puente - Amancio Williams

>> sexta-feira, setembro 19, 2008

Isto tem estado parado e vai parar ainda mais. Brevemente explico porquê.
Entretanto, encontrei esta pérola, da qual nunca tinha ouvido falar antes e que já tem mais de 60 anos:



Trata-se da Casa del Arroyo ou Casa del Puente, construida emtre 1943 e 1946, projectada pelo arquitecto Amancio Williams para o seu pai, que era o compositor Alberto Williams. A casa-ponte estava sobre o ribeiro Chacras, que se encontra actualmente entubado.

Acho fantástica esta ideia da casa-ponte, com uma entrada para cada margem do ribeiro, cheia de luz e de vista para o bosque. É uma verdadeira escultura habitável, em cujo interior penso que teria sido um grande prazer viver. Acho-a surpreendente e de uma beleza apaixonante.

Mais triste do que isso foi o destino recente da casa, visível nestas imagens:



Podem ver mais informações aqui.

O Arrumário vai entrar em ano sabático. Brevemente darei mais explicações

Read more...

Peter Zumthor

>> quinta-feira, setembro 11, 2008







A propósito da exposição de Peter Zumthor, patente na LX Factory, em Alcântara, aqui fica um filme imperdível, em 3 partes.
Vale a pena assistir com atenção. Uma das mais fascinantes obras de arquitecturas de todos os tempos.

Read more...

Visita ao Zoo

>> quarta-feira, setembro 10, 2008

Os bichos:

_DSC2576

_DSC2598

_DSC2592

_DSC2602

Os visitantes:

_DSC2600

Read more...

Igreja da Ulgueira

>> quarta-feira, setembro 03, 2008

Quem não tem cão, caça com gato.
Como não tenho o talento que o Pedro Cabral apresenta aqui e aqui, apresento a minha interpretação da mesma igreja.
Junto o meu aplauso aos habitantes da Ulgueira, que estão a lutar pela conservação da sua igreja.
Eu não costumo ir à missa, mas se fosse, era a esta igrejinha adorável. A outra era a da Piedade, no alto da Eugaria, mas dessa não tenho ainda fotos.
Se é verdade que Deus está em toda a parte, no caso Dele, eu estaria sobretudo aqui.

_DSC2559

_DSC2560

_DSC2562

_DSC2563

_DSC2564

Para quem frequenta a missa, é no segundo Sábado de cada mês, às 16:30h (até ao final de Setembro, depois é outro horário, que eu não sei). É caso para dizer: passem por lá.

Read more...

A Casa do Guarda

Aqui fica mais um conjunto de fotos de um projecto de Manuel Graça Dias, pouco divulgado, mas que acho fenomenal. Adoro a escala, a cor, os vãos criteriosamente recortados (o que dá para a casa principal é um óculo branco, belíssimo, mas não aparece nestas imagens), aquele ar de casa de chocolate, como se fosse um refúgio. Na segunda foto vemos a casa principal (a precisar de uma pintura), cujo autor não sei se será o mesmo. Esta propriedade pertenceu a Julião Sarmento. Penso que foi dele a ideia de fazer esta espécie de estúdio.
Esta é uma das propriedades mais interessantes da minha zona, senão mesmo a mais interessante de todas. A casa principal precisava de uns ajustes para se tornar mais sustentável, mas é igualmente um projecto com muita qualidade (do meu ponto de vista).

_DSC2541

_DSC2552

_DSC2553

_DSC2554

_DSC2557

Read more...

Nafarros - Fotos

>> segunda-feira, setembro 01, 2008

_DSC2537
Uma banda bastante simpática, que tocou um dia destes nas Festas de Nafarros.

_DSC2538
Uma ruína no alto de Nafarros.

_DSC2539
Uma mansão de gosto no mínimo discutível, com vista para um monte de lixo.

_DSC2540
Sinais do incêndio do ano passado.

_DSC2543
Esta foto é do mesmo objectivo que o Pedro publicou, mas já tinha sido feita antes :-)

Read more...

Linda Martini

>> sexta-feira, agosto 29, 2008

Uma das melhores bandas Portuguesas de todos os tempos, provavelmente a melhor banda "viva" nacional, os Linda Martini são praticamente ignorados pelas rádios e quase totalmente desconhecidos do público.

Aqui fica o link para o seu MySpace. Passem por lá e oiçam a totalidade do último álbum online.

Para os poucos que os conhecem, estão a tornar-se uma banda de culto. É impossivel encontrar CD's à venda (para além deste último, disponível na editora Rastilho). Já deve haver exemplares do "Olhos de Mongol" à venda no mercado negro.

Não sei de onde saíram, nem onde foram buscar aquela energia que lhes sai das guitarras, mas apetece ouvi-los incessantemente até derreter os ouvidos. As cordas destas guitarras devem ser feitas com urânio enriquecido!

Se ouvirem falar de um concerto, avisem.

Read more...

Aniversário e festas

>> quinta-feira, agosto 28, 2008

Umas fotos perdidas, que fiz no dia de anos da Madalena.

_DSC2458
Nesta, gosto particularmente da tensão que congelei na imagem do momento de soprar a vela. Parece que a moça vai premir o detonador de um cartuxo de nitroglicerina. Até o pobre Lourenço, lá atrás, está com cara de quem vai assistir a uma explosão.

_DSC2463
Este é o fenomenal animador das noites do Twister Gigante, nas festas de Alcobaça. Pena a foto não ter som...

_DSC2470
A luz está um bocado manhosa, mas tudo à volta era neon. Não havia muito a fazer. Gosto da expressão e do bokeh, no fundo.

Read more...

Lisbon Photo Walk

>> segunda-feira, agosto 25, 2008

No Sábado passado, ao final do dia, fui participar no Lisbon Photo Walk.
O objectivo era simples: juntar grupos de até 50 fotógrafos, em inúmeras cidades de todo o mundo, para um passeio de 2 horas a fotografar. Todos os passeios aconteceram no mesmo período, apenas diferindo nos respectivos fusos horários. No final, cada participante publica no Flickr as suas melhores fotos e as melhores de todas serão premiadas com um livro sobre Adobe Lightroom 2.0
Às 18:30h, arrancaram da Praça do Comércio cerca de 40 fotógrafos, em direcção ao miradouro de Santa Luzia. Depois seguimos até à Graça, seguindo sempre a linha do eléctrico 28.
Aqui ficam algumas das imagens que fui fazendo:

_DSC2493

_DSC2494

_DSC2495

_DSC2499

_DSC2500-1

Chegados a este ponto do percurso, se repararem nesta foto, verão que encontrámos um eléctrico cuja ligação ao fio eléctrico tinha "descarrilado". A corda que permite colocá-la de volta no lugar estava embrulhada no fio, e já tinham atado à ponta da corda uma massa de malabarismo ou um taco de baseball para irem atirando sobre o fio até desatar o nó. Quando a turba de fotógrafos chegou ao local estavam várias pessoas a tentar resolver a situação. Uma funcionária da Carris (julgo que não era a "guarda-freio") tentou chegar à cobertura do eléctrico para desembrulhar a corda e eis que surge um Neozelandês, muito solícito, que lhe apoia as manápulas em cheio nas nalgas para a ajudar. A moça também não se atrapalhou, mas apesar de terem estado nesta pose tempo suficiente para ficarem registados para a posteridade em diversas máquinas fotográficas, tiveram que encontrar um plano B. Finalmente chega-se outro eléctrico junto do primeiro e o Neozelandês trepa para a cobertura e começa a desembrulhar a corda com a ajuda da tal massa ou taco. Já todos estavamos a prever neozelandês assado para o jantar. Finalmente consegue fazer chegar a corda ao solo, já totalmente liberta do fio eléctrico e desce sob grande ovação. Segundo contou por mail ao Benjamim (a quem pediu um endereço para pedir as fotos), era o seu primeiro dia em Lisboa. O homem ficou enfeitiçado logo nas primeiras horas a deambular naquela cidade. Foi muito emocionante ver Lisboa com olhar de turista, sobretudo depois desta "aventura".

_DSC2507

_DSC2511

_DSC2512

_DSC2518

Finalmente chegámos ao miradouro da Senhora do Monte, já perto do pôr do Sol. Toda a gente foi montando os respectivos tripés (seriam provavelmente cerca de 20) ao longo da guarda do miradouro, tudo a apontar para o rio e para a cidade. Passado algum tempo, aparece um indivíduo a perguntar o que se ia passar. Fartámo-nos de rir e dissemos-lhe que não se ia passar nada mais do que o pôr do Sol e o cair da noite, pelos quais todos esperámos para ir fazendo umas fotos. É fácil perceber a preocupação do homem. Ver algumas dezenas de fotógrafos todos a apontar as máquinas para o mesmo lado, faz pensar que alguma coisa se vai ali passar de extraordinário.
Pareciamos um bando de paparazzi que tivesse tido conhecimento de que a Lili Caneças ia aterrar de pára-quedas na Praça da Figueira.

_DSC2536

Acabámos a comer um delicioso bitoque numa tasca ali da zona, pelo qual pagámos uns míseros 5€. Lisboa é (ainda) uma cidade que não tem preço nem comparação.

O slideshow com a totalidade das fotos que fiz está aqui.

O slideshow com todas as fotos apresentadas no final está aqui (se tiverem paciência para ver quase duas centenas de fotos).

Foi um evento muito engraçado e inspirador. Gostei de ver as fotos que os outros fizeram no mesmo local e à mesma hora que eu. Cada um teve uma visão particular e há no conjunto fotografias notáveis.

Se tiverem paciência, passem por lá.

ZM

Read more...

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP