Mudança ao final do ano

>> segunda-feira, dezembro 28, 2009

Mesmo ao bater do final de 2009, eis que a família Arrumário se muda de armas e bagagens para o meio do Atlântico.
Já cá estamos, incluindo os gatos, e prometo que investirei mais no aspecto e na regularidade do blog de agora em diante, até porque isso me fará sentir mais "ligado".
A fome dos últimos tempos (causada pela imensa carga de trabalhos que tem sido esta mudança radical) dará seguramente em fartura, assim que conseguirmos organizar a casa um pouco mais.
Para quem andasse distraído, este blog será agora editado a partir de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira.
Desejo a todos um excelente 2010.
ZM

Read more...

Venda de garagem

>> domingo, dezembro 06, 2009







Está à venda, pela melhor oferta (mesmo que seja baixinha), uma prancha de Snowboard Rossignol, com as respectivas fixações originais, no estado que as imagens acima documentam. As dimensões são:
Comprimento - 155cm
Largura na parte mais larga - 30cm
Largura na parte mais estreita - 26.5cm



Estas botas Koflach, de alpinismo, estão igualmente à venda. Só a parte exterior está utilizável, o botim interior está em muito mau estado. Número 9.5 EU

Quem esteja interessado, mande e-mail.

ZM

Read more...

Entropia

>> quinta-feira, dezembro 03, 2009

1 - Ontem inscrevi-me no centro de emprego. Não me sinto desempregado, é mais entre empregos, mas tecnicamente tenho que me inscrever.
2 - Quando me preparava para deitar mãos à obra (de preparar a mudança da casa), eis que os garotos apanham gripe A (confirmação chega amanhã).
3 -Tenho um carro (um Fiat Panda a gasóleo) há 4 dias. Hoje fui parado pela Polícia. Depois de ver os documentos temporários, a carta e o BI, pergunta:
- Se não é indiscrição, quanto deu pelo carro?
Eu: "x. Tem poucos kms e tem menos de 2 anos"
- E já agora, quanto é que marca aí o computador de bordo?
Eu: "5, mas andei sempre às voltinhas."
- E tal, gosto muito, é barato, económico, boa viagem, vá com Deus
4 - Uns kms adiante, a entrar numa rotunda, abrando para deixar passar um carro que circulava na dita. Nesse momento sou ultrapassado por uma carrinha, na bisga, que entra à papo seco, tirando o azimute ao tal outro carro que circulava tranquilamente. PUM, dá-se o acidente. Fui ver, estava tudo bem. Bebé a bordo, mais 3 adultos, tudo em bom estado. Dei o meu contacto para o caso de precisarem de testemunha.
Há alturas da vida em que tudo parece suceder em simultâneo.
ZM

Read more...

Mário Sá Carneiro por Mário Cesariny

>> quinta-feira, novembro 26, 2009

Esta veio via Fluir de Espumas e deixou-me abananado.
Se eu fosse músico, não descansava enquanto não escrevesse uma música para este poema.



Aqui fica a totalidade do poema. A mim, particularmente, impressiona-me o verso:
"Se me vagueio, encontro só indícios...
Ogivas para o sol - vejo-as cerradas;
E mãos de herói, sem fé, acobardadas,
Puseram grades sobre os precipícios..."
De resto impressiona-me muito a figura de Mário Cesariny, o timbre da sua voz envelhecida, a mão direita, com a peruca em ar de chapéu, a mão esquerda, de cigarro abandonado, a praia meio descontextualizada, o mar.

Quási
Um pouco mais de sol - eu era brasa,
Um pouco mais de azul - eu era além.
Para atingir, faltou-me um golpe d'asa...
Se ao menos eu permanecesse àquem...

Assombro ou paz? Em vão... Tudo esvaído
Num baixo mar enganador de espuma;
E o grande sonho despertado em bruma,
O grande sonho - ó dôr! - quási vivido...

Quási o amor, quási o triunfo e a chama,
Quási o princípio e o fim - quási a expansão...
Mas na minh'alma tudo se derrama...
Entanto nada foi só ilusão!

De tudo houve um começo... e tudo errou...
- Ai a dôr de ser-quási, dor sem fim... -
Eu falhei-me entre os mais, falhei em mim,
Asa que se elançou mas não voou...

Momentos d'alma que desbaratei...
Templos aonde nunca pus um altar...
Rios que perdi sem os levar ao mar...
Ansias que foram mas que não fixei...

Se me vagueio, encontro só indícios...
Ogivas para o sol - vejo-as cerradas;
E mãos de herói, sem fé, acobardadas,
Puseram grades sobre os precipícios...

Num impeto difuso de quebranto,
Tudo encetei e nada possuí...
Hoje, de mim, só resta o desencanto
Das coisas que beijei mas não vivi...

. . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . .

Um pouco mais de sol - e fôra brasa,
Um pouco mais de azul - e fôra além.
Para atingir, faltou-me um golpe d'asa...
Se ao menos eu permanecesse àquem...

Mário de Sá-Carneiro, in 'Dispersão'

Read more...

Já é oficial

Já é oficial. O terceiro está a caminho e tem pila.
Provavelmente, a pedido dos manos, irá chamar-se Simão.
Que o cosmos o acolha com gosto e que as forças do bem estejam connosco.
ZM

Read more...

Troufa Real no Restelo

>> domingo, novembro 22, 2009

Muito se tem falado sobre este projecto do arquitecto Troufa Real.



Aqui ficam alguns links sobre o assunto:
http://www.publico.pt/Local/teotonio-pereira-considera-igreja-do-restelo-uma-aberracao_1410434

http://www.publico.clix.pt/Local/restelo-patriarcado-acha-que-igreja-de-troufa-real-da-muito-nas-vistas_1410258

O edifício começou já a ser construído. Pelos vistos, nem o autor se revê nele.

Na última edição do Expresso, Ruben de Carvalho lembra a frase de Frank Lloyd Wright (escrevo a citação original, porque sei que os meus leitores são entendidos em "estrageiro"):
A doctor can bury his mistakes but an architect can only advise his clients to plant vines.

Parece um caso tipo "Crónica de uma morte anunciada". Ninguém quer que aquilo aconteça (nem o autor), mas também não parece conseguir-se encontrar uma forma de o evitar.

Pessoalmente, não conheço o local, apenas vi estas imagens, não posso dizer que tenha todos os dados necessários a formar uma opinião. De resto, resisto quanto posso a recusar um determinado projecto por me parecer demasiado estranho.
Não recuso liminarmente, mas não gosto do que vi e de entre o Troufa Real e o Teotónio Pereira, estou inclinado a dar mais crédito a este do que àquele.
ZM

Read more...

Paulo Gouveia - Homenagem

>> sábado, novembro 21, 2009



A Casa Godinho é um projecto do arquitecto açoriano Paulo Gouveia, que fica em Fontanelas. É uma das peças de arquitectura que eu colocaria num guia da arquitectura incontornável da região de Sintra. Podem vê-la em mais detalhe no site do Fernando Guerra, procurando o projecto número 42 (Foi ao Fernando que piquei esta foto).

A razão porque a trago hoje aqui, infelizmente, é triste, mas sempre fica a homenagem.
ZM

Read more...

Wireless Square Self Portrait I

>> domingo, novembro 15, 2009

DSC_1106

Capuchos, Sintra.
ZM

Read more...

Bisavó Olga

DSC_1098

Read more...

Pinturas em dia de chuva

DSC_1118

DSC_1117

DSC_1115

Em dia de temporal, promove-se a criatividade.
ZM

Read more...

10 passos para chegar ao cume

>> segunda-feira, novembro 09, 2009



Este é o novo livro do João Garcia, que me foi oferecido pelo próprio, no meu último aniversário, dia em que corri a maratona de NY.
Já o li todo e digo-vos que vale bem a pena.
O João e o Rui Nabeiro são duas pessoas muito interessantes. Fiquei com vontade de comprar a máquina do Delta Q.
Se for caso disso, procurem-no na livraria.
João, obrigado pela prenda. Boa sorte para o Anapurna.
ZM

Read more...

Aracan na TV

>> quinta-feira, novembro 05, 2009

O Aracan é um barco que veio da Suécia para as mãos do meu pai, esteve em Lisboa durante alguns anos, e agora foi para França para as mãos da minha mana do meio, a nova proprietária. É uma embarcação com a minha idade e já falei dele aqui e aqui. Antes de viajar para França, foi utilizado para fazer o anúncio do Banif. Vê-se um bocado de raspão, mas é ele.



ZM

Read more...

Grand Central Station - NYC



Vi o ângulo de onde pretendia fazer a foto, coloquei a Tokina 11-16, atarraxei o mini tripé que tinha comigo, dirigi-me ao local. Procurei alguém a quem pedir autorização, mas estava tudo muito ocupado. Avancei. Quando já tinha tudo pronto, só me faltava carregar no botão, oiço atrás de mim: "Excuse me sir, you can't take pictures from this balcony, you're inside the restaurant". Eu disse que ia já embora e carreguei no botão. Teve que passar o tempo do automático e depois o tempo da exposição, mas não arredei pé sem a imagem. Gosto particularmente da figura central da foto, numa mancha de luz. Foi ocasional, mas acho que fez a imagem.

O slideshow das fotos de Nova Iorque aqui.

Read more...

Maratona como prenda de anos.

>> domingo, novembro 01, 2009

Hoje faço 44 anos. Hoje corri a Maratona de Nova Iorque em 3:13:15h.

Voltarei a falar do assunto. Agora vou tomar banho.
ZM

Read more...

Casa das Histórias - Cascais

>> domingo, outubro 25, 2009

Ontem fomos finalmente ver a casa das histórias da Paula Rego. Comemos por lá, na companhia do Sr. Presidente da Câmara, António Capucho.
Gostei do edifício e da colecção. Gostei igualmente do preço (gratuito) e do almoço na cafetaria (têm um prato vegetariano, que no caso era strogonoff de Seitan).
Aqui ficam algumas fotos.

DSC_1002

DSC_1005

DSC_1008

DSC_1010

DSC_1015

DSC_1016

DSC_1013

Se for caso disso, passem por lá, que vale a pena.

Read more...

Pecuária

>> sábado, outubro 24, 2009

Não assisti à cena, porque antes mesmo do final da conversa entre Saramago e o padre Carreira das Neves tive que ir deitar os garotos.
Este episódio com Saldanha Sanches deve ter sido imperdível. Este texto que o relata é do melhor que tenho lido na blogosfera ultimamente. É um pedaço de escrita que gostaria de ter escrito eu próprio.

ZM

Read more...

Novas fotos dos garotos

>> domingo, outubro 11, 2009

Aqui fica o link para o slide show dos putos, a começar nas últimas fotos.
Foram feitas durante um passeio a um local secreto da Serra de Sintra e também à Praia Grande.

Read more...

Lourenço a dançar em casa.



Um dia desses estava a testar o meu novo sistema de controlo remoto da D300 e apontei para o Lourenço. O resultado está à vista. Não sei o que dão às crianças agora na escola, mas o facto é que elas não param.

Read more...

Beringela gratinada a la Jamie Oliver









Ficou uma delícia.

Read more...

Terceira

>> terça-feira, outubro 06, 2009

DSC_0958

Ilhéu das Cabras, visto do Monte Brasil. Ilha Terceira - Açores.

DSC_0941

DSC_0939

Porto Moniz. Ilha Terceira - Açores.

DSC_0938

Slide show -->

Estamos a visitar a ilha Terceira. Dentro em breve teremos mais novidades.
ZM

Read more...

Uma descoberta recente

>> segunda-feira, setembro 28, 2009

Simeon Ten Holt - um compositor holandês.



ZM

Read more...

Já chegámos à Madeira

>> sexta-feira, setembro 25, 2009

Regata Transat 6.50



Francisco Lobato chega em primeiro lugar à escala no Funchal.
A seguir atentamente.
ZM

Read more...

Mais fotos das férias.

>> domingo, setembro 20, 2009

DSC_0768

Slideshow completo -->


ZM

Read more...

Salgados - final de dia

>> sexta-feira, setembro 18, 2009

Galeria completa -->

DSC_0878

DSC_0871

DSC_0866

DSC_0853

DSC_0858

Algumas fotos feitas na zona dos Salgados, entre Albufeira e Armação de Pera, no Algarve. É um local fabuloso, sobretudo para quem goste de ver e fotografar pássaros. Infelizmente está a ficar cheio de prédios. O empreendimento Herdade dos Salgados é, na minha opinião, francamente exagerado (como é costume no Algarve) e tem um gosto discutível.

Este ano pareceu-me que os arquitectos algarvios (ou os que lá trabalham) descobriram recentemente a arquitectura nórdica e não parecem ter percebido que o clima da Dinamarca não é bem o mesmo que o do Algarve. Daqui a uns anos a factura eléctrica do Algarve durante a época do Verão vai ser das mais elevadas do país. Quase tudo o que se vê construído actualmente tem paredes de vidro do chão ao tecto, com poucos ou nenhuns meios de sombreamento. Mas esta gente não se lembra do que se costumava fazer no Algarve? Porque acham que seria? Mau gosto?

As certificações energéticas não devem ter chegado ainda ao distrito de Faro. Devem estar à espera do TGV.
ZM

Read more...

Escalada do Rodel em família

>> sexta-feira, setembro 11, 2009

DSC_0723

DSC_0724

DSC_0726

DSC_0727

Estas 4 fotos foram feitas no cume do Monte Rodel, de que falei aqui. Um dia destes, fomos lá em família. Tenho que confessar, com algum orgulho, que os meus filhos chegaram lá acima com uma perna às costas. Só se queixaram dos picos que lhes picavam as pernas. Lá do alto, a vista para Norte é estonteante. Sentimo-nos voar. As fotos que fiz da família para o lado Norte foram um verdadeiro desafio. Duvido que alguma vez tenham estado sentados sobre aquele calhau duas pessoas de tão tenra idade (3 e 7 anos). A mãe já não se atrapalha.
Daqui a nada, fotos das férias no Algarve.
ZM

PS: este post é dedicado ao Rui Vasco do Fluir de Espumas, que sei que gostaria de nos ter acompanhado, com a sua Catarina pela mão. Só ele saberá o quanto poderá ter sido complicado sentar os garotos naquele calhau, de onde se avista Monserrate e a costa para Norte.

Read more...

O manequim



Esta foi feita na feira de Nafarros, no final de Agosto de 2009. Brevemente aqui, fotos do Algarve, em Setembro.
ZM

Read more...

3 frases do livro que estou lendo

>> quarta-feira, setembro 09, 2009




"Sólo recordamos lo que nunca sucedió."

"El tiempo hace con el cuerpo lo que la estupidez hace con el alma. Lo pudre."

"La verdad no se encuentra, hijo. Ella lo encuentra a uno."

ZM

Read more...

Ataíja de Baixo - Trapos ao vento

>> sexta-feira, setembro 04, 2009

DSC_0658

DSC_0660

Há um conjunto de fotos que tenho vindo a recolher ao longo do tempo, que me dão um grande gozo. São olhares focados sobre pormenores da terra onde os meus sogros actualmente moram, que no seu conjunto descrevem bem (do meu ponto de vista) o ambiente da terra e da propriedade. Penso que é uma galeria que só tem interesse para mim, que fiz as fotos, mas considero um dos melhores conjuntos de fotos que fiz em toda a vida. Este "díptico" que hoje aqui deixo é um dos melhores pares de fotos que fiz em toda a vida (mais uma vez, na minha modesta opinião e sensibilidade). Desculpem qualquer coisinha aqueles que não vêm nesta galeria o mais leve traço de interesse. Estão no seu direito.
ZM

Read more...

Love Will Tear Us Apart

>> quarta-feira, agosto 26, 2009

Na sequência da sugestão do Rui, aqui fica aquela que é para mim a mais impressionante versão do tema "Love Will Tear Us Apart" dos Joy Division, aqui cantado pela Jarboe, dos Swans.

ZM

Read more...

Ölga

>> terça-feira, agosto 25, 2009

Videoclip "Money" © 2005 from ÖLGA on Vimeo.



Uma banda nacional para descobrir:
Música online
My Space

Read more...

Surfwise

>> sexta-feira, agosto 21, 2009

Directamente via Benjamim, aqui fica uma pista a "imbestigar":
http://www.surfwisefilm.com/

PS: Anacelto, viste esta? (private joke)
ZM

Read more...

Finalmente...

>> segunda-feira, agosto 17, 2009

Finalmente, acabei a pós graduação (mestrado executivo, como agora lhe chamam). Ainda estou só na fase da descompressão ou mesmo depressão. Agora que enviei ao professor o último trabalho, e no dia em que recebi a pior nota de todo o curso (um 14, de resto), sinto-me assim um bocado órfão. Enfim, agora há que continuar a pegar nos livros, não vá o cérebro definhar.

Entretanto, sem qualquer relação com o que acabo de expor, fiz recentemente duas incursões à Serra de Sintra, inspirado em diversas mensagens de e-mail que tenho trocado recentemente com o Rui Vasco, do Fluir de Espumas.
O Rui tem uma visão particular da serra e dos seus encantos e recantos. Para quem, como eu, se apaixonou há muito por esta serra, tanto que não descansei enquanto não me tornei seu habitante, é fantástico percorrer este território mágico guiado por alguém que parece saber desvendar grande parte dos seus mistérios.

DSC_0630

DSC_0632

Estas primeiras duas fotos são de um passeio a um dos montes especiais de Sintra, neste caso o Rodel, onde já tinha ido uma vez com a minha mulher. Na altura tínhamos ficado ambos enfeitiçados por este lugar, mas nunca mais lá tinha voltado. Entretanto, decidi regressar um dia desses, desta vez sozinho, e encontrei lá no alto o colar que se vê na imagem. É um troféu, para quem subir o monte. Recomendo que o deixem no mesmo local.
Lá do alto, a vista para Norte e para o lado da Pena são de tirar a respiração. No alto daquela elevação (passe o pleonasmo), senti-me quase pássaro, embora com asas de chumbo. Não fosse a âncora da racionalidade, penso que teria perdido totalmente o peso e teria descolado em voo planado, elevado nos ares pelo sopro intenso do Atlântico que se fez sentir subitamente, como se trouxesse uma mensagem. Todos sabemos que há um magnetismo nesta serra que ultrapassa o que a razão compreende, mas nem todos tiveram já o privilégio de sentirem o seu hálito perfumado. Neste dia, desci para Monserrate sem tocar com os pés no chão.

Entretanto, combinei com o Rui uma passeio no Parque da Pena e arredores.Deixo aqui algumas das fotos que fiz durante o percurso e não deixo mais porque parte do que visitámos tem que se mostrar pela mão, não deve ser divulgado neste canal. Digo-vos apenas que tive o privilégio de visitar vários dos locais mais intensamente mágicos desta Serra. Para quem, como eu, julgava já saber muito sobre Sintra, eis que me sinto um verdadeiro ignorante e parece que estou a começar tudo de novo.

DSC_0635
Esta foto foi tirada da Cruz Alta, num daqueles momentos invulgares em que Sintra parece uma ilha num oceano de nuvens.

DSC_0637
Esta é a nova Cruz Alta, depois da outra ter sido destruída por um raio, há muitos anos.

DSC_0638
Vista para poente, a partir da Cruz Alta.

DSC_0639
Idem

DSC_0642
Alto do Chá, no Parque da Pena. Um dos pontos que ninguém conhece (nem eu, que julgava que conhecia o parque) e que é absolutamente encantador.

DSC_0645
Um lago que eu também não conhecia e cujo nome não me ocorre.

Se pensam que conhecem a Serra, desenganem-se. Por mim, descobri um mundo novo.
ZM

Read more...

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP