O sonho da Madalena

>> quarta-feira, março 07, 2007



Sonhei que a casa do avô e da avó ficava perto da casa dos 40 ladrões.
Quando eu fui passear com o avô passámos perto da casa dos 40 ladrões.
Estavam muitos ladrões lá dentro e também estavam uns cá fora, a arranjar um prego.
Eles ficaram a olhar para nós porque pensavam que nós também éramos ladrões.
Depois começaram a correr atrás de nós e o prego ficou em pé [este pormenor é algo que me escapa].
Eu e o avô separámo-nos e começaram a vir mais ladrões e mais ladrões sempre atrás de mim e depois eu parei e disse-lhes que era uma princesa.
Disse-lhes esta mentira para eles não me fazerem mal, mas eles não tinham pena de ninguém e seguraram-me na mão.
Depois eu comecei a fugir e fui a gritar AVÔ até chegar a casa.

A Madalena, ontem, teve um sonho mau. Descreveu-me este sonho sem hesitações, sem se engasgar, de uma forma quase catártica. Senti-me dentro do universo da infância e próximo de algum do terror infantil que encontramos na pintura de Paula Rego e que me agita tanto o dentro.
A imagem que escolhi para ilustrar este post é justamente da Paula Rego e chama-se Little Miss Muffet.

3 comments:

Zepa,  3/07/2007 11:15 da manhã  

São lindas as crianças.
Ainda não passei por essa fase, mas já me pareceu que está a começar...
Abraços e beijos

allegro ma non troppo,  3/07/2007 7:35 da tarde  

O avô é o aconchego, o porto seguro...
Noutro dia falava com uma avó que me dizia orgulhosa que tinha feito uma lesão muscular quando "jogava à bola" com o neto. Qual dor? O brilho nos olhos do principezinho, sim!
Há sempre sonhos maus. A vida, às vezes (muitas vezes), pode ser um sonho mau. É bom acordar e ter lá o avô...(é como quem diz avó, pai, mãe, amigo)

Nana 3/12/2007 9:12 da manhã  

fazes bem em ir guardando essas memorias.
O prego estava espetado ! por isso ficou em pé !
Acho que a minha sobrinha tem muita sorte de de ter um pai assim atento e disponivel para escutar sonhos ! Adoro-te mano !

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP