Pedro e Inês

>> quinta-feira, março 01, 2007

A Madalena anda obcecada pela história do Rei D. Pedro I e da sua amada Inês, que foi coroada rainha depois de morta.
Fez um magnífico desenho dos dois, com os seus respectivos umbigos, ambos de colar, rodeados de umas flores e uns coelhos. Havia ainda uma abelha, que infelizmente não apareceu na digitalização.
A figura tenebrosa do lado esquerdo é o malvado pai do D. Pedro.
O desenho ocupa uma página A4, por isso eu concentrei um pouco os vários elementos, caso contrário não se percebia nada.
O casal de apaixonados está dentro de uma casa, da qual a digitalização só registou o telhado.



Como disse anteriormente, sinto que os desenhos das crianças são o mais próximo que conseguimos chegar do seu mundo interior. Essa exploração interessa-me bastante, mas muitas vezes comove-me até às lágrimas.

ZM

10 comments:

luís 3/01/2007 6:08 da tarde  

esta é uma das muitas razões porque sigo diáriamente este blog...

parabéns e continuação...

Rebel Alliance 3/01/2007 6:14 da tarde  

há tanta verdade na imaginação de uma criança...
um abraço

clara amaral 3/01/2007 7:58 da tarde  

Talvez não fosse má ideia mostrar-lhe a coreografia de Olga Roriz feita para a Companhia Nacional de Bailado, sobre a história de Pedro e Inês... Eu recomendo vivamente!!
Até à próxima!!

Álex 3/02/2007 2:24 da tarde  

o D. acho é (pouco) mais velho que a Madalena (tem 7 e 1/2) e no ano passado contaram-lhe a história na escola e também ficou impressionado. No verão gostou muito de ver os respectivos túmulos no Mosteiro de Alcobaça.

Beguinha 3/02/2007 9:15 da tarde  

Aterradoramente emotivo!

Sayha,  3/02/2007 11:55 da tarde  

"Every child is an artist. The problem is how to remain an artist when you grow up."
Pablo Picasso

lagarto 3/03/2007 8:29 da tarde  

Como te compreendo! Continuo a preferir muitos dos esboços genuínos destas crianças a algumas obras de artistas conceituados da n/ praça... Assim, acabo por "coleccionar" desenhos de mtos míudos conhecidos e chegados, se possível, c a sua respectiva interpretação. São fantásticos e mto reveladores!

Allegro Ma Non Troppo,  3/04/2007 7:57 da tarde  

Malvado Afonso!!! Não conseguiste no passado e agora também não! A força da magia venceu... e reinará enquanto existirem principezinhos e princezinhas...

Just a blog 3/04/2007 10:48 da tarde  

Conheci este blog atravez de outro (o do Pedro Ribeiro da Comercial)e achei espectacular o gostaria de compartilhar tambem com voces um texto que descobri a cerca de 2 anos num livro de estudo do 2.º ano(eu ainda perfiro 2.ª classe), chama-se SER CRIANÇA
Ser Criança é ter aberto de par em par o coração, ser um passarinho livre, ter na boca uma canção, e nos olhos reflectida, ter a candura também é ser um pedaço de vida doeu Pai, da sua Mãe!
Ser Criança é subir alto sempre nas assas do amor ser capaz de um grande salto para afugentar tanta dor!
Ser Criança é ser farol de quem vagueia às escuras, ser o raiozinho de sol em ruelas de amargura!
Ser Criança é ser luzeiro a iluminar toda a terra, ser grito no mundo inteiro, de protesto contra as guerras!!.........

P.S- Candura - Ingenuidade.
Luzeiro - Brilhar, emitir luz

Nana 3/12/2007 9:15 da manhã  

Felizmente que os sorisos dos coelhos e a casa protectora estão ai para mostrar o lado positivo da historia !
A Madalena confia no amor !

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP