Stay hungry, stay foolish

>> quarta-feira, junho 09, 2010



Na situação maluca que estou vivendo, soube-me pela vida ouvir este discurso. Já tinha tropeçado nele noutra ocasião, mas agora bateu-me mais forte.
Tenho medo e tenho três filhos, mas não perdi a ilusão de encontrar um trabalho que me apeteça fazer. E continuo ao lado duma mulher fantástica, que veio comigo pelo caminho das pedras.
Como diria o meu amigo David, é preciso é sorte e saúde.

5 comments:

RS 6/09/2010 3:20 da tarde  

Não imaginas como ouvir isto me fez sentido hoje.

CAP CRÉUS 6/09/2010 11:28 da tarde  

Isto faz todo o sentido.
É assim que me sinto. Não sei o que fazer, e faço o que não gosto!
E coragem para mudar? Para alterar o rumo das coisas?

Fernando Oliveira 6/10/2010 4:34 da tarde  

Zé, percebo-te lindamente e acho que o discurso tem tudo para nos ajudar a entender o porquê das coisas ainda que em cada momento não sejamos capazes de ver o objectivo, a ligação dos pontos... Só mais tarde isso vai fazer sentido! Tu tens tido essa actitude de "avidez" pelo futuro e de manteres uma certa "loucura" que tanto te tem dado: uma mulher amiga até essa loucura e 3 filhos que serão sempre os teus companheiros na tua avidez de ir mais longe! Contudo, eu que já estou mais perto (só não sei quanto) do final de carreira, sou capaz de gostar de dizer que olhes para os teus limites. Não estás só!
Sobretudo, "não tenhas medo"! Estamos contigo incondicionalmente... Recomeçar pode sempre ser melhor que ficar atolado.
Tenho tentado manter essa atitude de "stay hungry, stay foolish"
Um grande abraço
Fernando

Miguel Bettencourt 6/11/2010 9:03 da manhã  

Uma lição de vida que serve para todos nós.
Gosto de acreditar na máxima "apanha todas as pedras que se atravessam no teu caminho e com elas constrói um castelo".
Um abraço!

Nana 6/12/2010 2:06 da tarde  

Estive a ver e a ouvir e também achei que é uma boa lição de vida !
Nem sempre as adversidades nos fazem avançar mas quando isso acontece, podemos olhar para tràs e dizer que valeu a pena !
Como tu também acho que devemos guardar uma parte de loucura e de fome.

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP