Notas várias

>> segunda-feira, abril 30, 2007

Este fim-de-semana teve várias surpresas e acontecimentos fora do comum:

Ao final do dia de Sexta, quando abri a caixa do correio, tinha lá uma agradável surpresa, de que darei conta num próximo post.

Entretanto recebi uma fantástica prenda do meu irmão, que foi o último livro do João Garcia: "Mais Além - depois do Evereste". Conhecendo o Garcia há mais de 20 anos, este é um livro particularmente interessante. Tinha acabado de ler o do Tiago Rebelo (O tempo dos amores perfeitos) e, como gostei muito, andava a pensar no que leria depois de uma obra tão envolvente. Eis que me cai no prato da sopa este relato do João Garcia, que me agarrou desde as primeiras páginas. Aqui fica pois a dupla recomendação.

And now for something completely different:

Uma ida ao parque infantil com os garotos resultou nesta foto, que me lembra uma fotografia fantástica do Benjamim, em que apenas se via a sombra e não a criança.

No Sábado, para não deixar adormecer as pernas, fui ao Castelo dos Mouros, aqui em Sintra, para mostrar à Madalena os alojamentos das princesas (a verdade é que nunca lá terá habitado tal coisa, mas isso por enquanto não lhe interessa grande coisa).

Ali à esquerda, é ela a correr pela muralha.


O Paço da Vila visto através de uma janela.


A Vila entre a vegetação do alto da serra.


O meu bairro, ao longe.

Já no Domingo, participei na Corrida do Metro, em Lisboa. Foram 15Km, percorridos (no meu caso) em precisamente 01:11:16h (ou 01:10:51h - tempo electrónico). Poderão encontrar os resultados aqui. Corri com o dorsal número 56, em lugar de um José Crespo, que julgo não conhecer, por só me ter decidido à última da hora. Espero não o ter envergonhado.
Um detalhe que não deixa de ser curioso: os poucos comentários desagradáveis ou de mau gosto que ouvi durante a prova foram emitidos por Portugueses. Os labregos, além de não praticarem desporto (ou talvez por isso mesmo), ainda desdenham de quem o faz. O reverso da medalha foi o apoio sincero e divertido, com aplausos e palavras de ânimo, proveniente na sua maioria de turistas estrangeiros. Até pode ser que tenha sido coincidência e evidentemente não poderei retirar desta experiência isolada qualquer ilação estatística, mas o facto é que foi isto que aconteceu.

ZM

4 comments:

Alexandra 5/02/2007 3:13 da tarde  

não precisei de ir ao link da foto do Benjamin porque me lembro perfeitamente da foto com a sombra do filho dele (não conheço nenhum dos 2)a andar de baloiço - gostei muito na altura.
os portugas realmente podem ser muito labregos - termo bem escolhido! - enfim...

benjamim 5/03/2007 5:43 da tarde  

:-)
http://www.flickr.com/photos/fotoben/59160720/in/set-72157594364200240/

um abraço

NS 5/05/2007 7:27 da tarde  

" para mostrar à Madalena os alojamentos das princesas"


Isso é que é entrar no espírito romântico de quem o mandou construir..

Zepa 5/09/2007 4:15 da tarde  

Começando pelo fim: parabéns pela corrida; nunca foi coisa que gostasse, mesmo nos tempos em que ginasticava todos os dias :-)

Aquela janela no Castelo, em que apanhaste o Palácio da Vila, sempre me arrepiou.
É que em termos de janela é bastante suspeita. Sempre me pareceu uma janela para sacrifícios; desde pequeno que me lembro de pensar isso...

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP