Manuel Graça Dias

>> terça-feira, novembro 15, 2005

O arquitecto Manuel Graça Dias é um dos responsáveis pelo meu grande interesse na arquitectura. Conheci-o na rubrica "imagens", da TSF, há muitos anos. Era um magazine diário que abordava temas como banda desenhada, publicidade, arquitectura, etc. A parte de arquitectura era da responsabilidade de MGC, "o homem que gostava de cidades". Eu, que até nem gosto de viver em cidades, passei a vê-las com outros olhos, com a ajuda que me dava este arquitecto.
Tenho seguido, desde então, com grande interesse as suas produções teóricas sobre arquitectura e embora nem sempre concordando, no essencial adoro os caminhos que as suas ideias abrem à reflexão. É um dos meus teóricos favoritos nesta matéria.
Trabalha em parceria com Egas José Vieira no gabinete Contemporânea.
Quando me mudei para Nafarros descobri aquilo que me parecia um pavilhão/atelier, que apenas se vê em relances, por estar um pouco enterrado numa encosta, que achei fascinante naquilo que deixava entrever. Descobri com grande surpresa e, porque não, alegria, que tinha sido projectado por Manuel Graça Dias. Parece que o cliente era Julião Sarmento propriamente dito. O tal pavilhão chama-se "Casa do Guarda" e fica a um tiro de pedra da minha casa:

Um dia desses tiro algumas fotos da coisa ou peço uma visita de estudo e depois volto a falar-vos do assunto. Parece-me um pequeno apartamento fantástico.

Manuel Graça Dias é autor de inúmeros projectos conhecidos, uns construidos como o Teatro Azul de Almada (um dos mais magníficos exemplares deste tipo de equipamento que alguma vez vi) ou a sede da Ordem dos Arquitectos, nos Banhos de São Paulo; outros apenas no papel, como a Manhattan de Cacilhas ou a sede do Jornal Expresso projectada para a Gago Coutinho.


O site da Contemporânea esteve muito tempo "em obras", mas aparece agora renovado, mostrando que valeu a pena esperar. Uma das surpresas são os projectos de moradias apresentados para o Bom Sucesso, em Óbidos. Já conheço o projecto Bom Sucesso há algum tempo, e quando soube que MGD iria apresentar um projecto para lá fiquei ansioso. Finalmente vê a luz do dia e vejo que tinha razões para esperar algo surpreendente. Que tal uma casa redonda, com a piscina na cobertura? Uma ideia invulgar, mas muito interessante. Aqui ficam algumas imagens que poderão encontrar no site da Contemporânea:




Se há área em que temos excelentes profissionais e criativos em Portugal é na arquitectura. É verdade que conheço 1000 vezes melhor a arquitectura nacional (por questões de proximidade com os projectos construídos) do que a do resto do mundo, mas julgo que a qualidade dos nossos melhores arquitectos, como se mostra neste exemplo, não permite vergonha seja onde for.

Sigam as pistas e passem por lá.

ZM

9 comments:

Ahraht 11/15/2005 5:18 da tarde  

Já regresso para comentar o post.

O segredo daquela foto é este:

RAW;PB in-câmara com filtro laranja prédefinido e filtro UV acoplado. Leitura matricial e posterior leitura com predominância ao centro, compensação de exposição, posterior subexposição em -1.3 para aumento do contraste e escurecimento geral.
Direitinha assim para o blog...

Ah , é verdade - ISO 100 f/7.1 1/4s + tripé (e chuva a rodos)

Só para aguçar o apetite.

Desconhecida 11/15/2005 9:17 da tarde  

Tás na profissão errada, lindo!

mana+,  11/16/2005 8:46 da manhã  

esse projecto de casa parece um alguidar !!!
Deve ser giro ! E depende de onde vai ser instalada ...

Se me convidassem ia là dar uns saltinhos na piscina !
Esperando que não haja "fuites" no salão !
Boa !

daniel 11/16/2005 2:37 da tarde  

Demorei algum tempo a perceber os caminhos desta casa redonda. Por isso mesmo acho o projecto fantástico, principalemnte o pormenor dos buracos de luz, no fundo da piscina darem para o escritório. É como trabalhar no fundo do mar.

As visitas têm é que ter cuidado com os banhos nús... ou não!

Quanto ao comentário da Desconhecida se estivesses a trabalhar em arquitectura provavelmente este tema não te fascinava tanto.

Hasta pronto.

Ahraht 11/16/2005 10:33 da tarde  

Concordo com o Daniel...e com a Desconhecida. O fascínio que tens pela forma e pelo desenho, a forma arrebatada com que falas dessa arte dizem-me que tens muita coisa feita no autocad, mas se isso tivesse que ser o teu ganha vida, esses desenhos iam custar o dobro.

Um abraço.

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras 11/18/2005 10:24 da tarde  

Eis um arquitecto que admiro, como profissional e como pessoa.
Na OA só não gosto do elevador. ehehehe...

Anónimo,  11/22/2005 8:17 da tarde  

Sem dúvida que Graça Dias é um dos melhores arquitectos que sabe ensinar e explicar teoria que conheci ate hoje, quem o ouve falar, fica logo um pouco mais interessado pela arquitectura, não me admiro mesmo nada que também você tenha ficado.
Só ele nos conseguia meter a todos numa sala de aulas as 8h da manhã para “viajar” pelo mundo da arquitectura, nas suas próprias fotografias.
O arq. Graça Dias ai pela sua zona, tem algures pela serra uma habitação que projectou para uma amiga, um projecto também muito interessante, pode ser que um dia a descubra :)

Helena Sofia,  1/13/2006 7:09 da tarde  

Tive a sorte e o prazer de ter sido aluna, no primeiro ano da FAUP, do Professor Arq. Manuel Graça Dias. É verdade que viajamos nas fotos Dele e nas suas palavras. Muito do pouco que sei sobre o que é, na verdade, Arquitectura, aprendi-o com Ele.
Além de tudo isto, tem-se mostrado, dia após dia, uma pessoa disponível para os alunos e interessada em divulgar o que se faz por cá e lá fora.
Professor, se algum dia, por acaso, ler isto, muito obrigada pela colaboração no nosso trabalho de MLAC e pela visita guiada exclusica pela OA.
Obrigada a todos quantos apreciam, praticam e/ou divulgam Arquitectura!

Anónimo,  10/26/2009 1:45 da manhã  

amanha tenho aula de projecto com ele :)
boa noite a todos

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP