Realidade aumentada

>> sexta-feira, setembro 02, 2011

Imaginem que colocavam o vosso telemóvel sobre a cabeça, enquanto olhavam para o céu nocturno, para as estrelas, como se o fossem fotografar. Imaginem que aparecia no ecrã do telemóvel a fotografia do pedaço de céu que estavam a enquadrar, não só com as estrelas, mas também com os nomes das maiores e com o desenho e identificação das constelações e planetas. Conforme fossem enquadrando outras partes do céu, o ecrã do telemóvel acompanhava sempre o que estava a ser enquadrado, completando com a informação que (felizmente) não está escrita na esfera celeste. Era uma espécie de planetário em tempo real. Magnífico, não era?

Pois, acontece que isso já existe e funciona com uma fiabilidade impressionante.
Trata-se da aplicação Google Sky Map, que está disponível também para Android.
É uma coisa "from outer space", ou seja do outro mundo. Um dia desses conto falar das aplicações que acho mais úteis no meu Android, mas esta fará seguramente parte do top five.
Não sendo a mais imprescindível das aplicações é aquela que mais me impressionou até ao momento. Absolutamente imperdível.

7 comments:

vasco 9/02/2011 9:29 da manhã  

Mostraram-me a dita nas férias que agora termino e fiquei encantado.

Miguel Bettencourt 9/02/2011 10:08 da manhã  

Instalei o Google Sky Map no a5 há uns meses, quando comecei a utilizar o Android. Também fiquei fascinado com a app.
Há umas semanas, numa noite com algumas nuvens, durante um acampamento com a família, mostrei o Google Sky Map à pequena Leonor (para quem não me conhece, trata-se da minha filha e tem 5 anos). Ela mostrou-se particularmente interessada na Ursa Menor por um motivo muito simples: o livro infantil "Leonor, a Ursa Menor", que a Madalena, o Lourenço e o Simão lhe ofereceram no último aniversário. :-)

Zé, já utilizaste a app SoundHound? Foi com o auxílio desta app que descobri os franceses Noir Desir, quando ouvi pela primeira vez uma música deles e não sabia de quem se tratava.

Abraço
- m

Miguel Bettencourt 9/02/2011 11:04 da manhã  
Este comentário foi removido pelo autor.
Miguel Bettencourt 9/02/2011 1:12 da tarde  

No meu comentário anterior, o link inserido aponta para a versão paga do SoundHound, mas no Android Market existe a versão gratuita, que utilizo.

A.,  9/02/2011 1:37 da tarde  

é impressionante pelo assombro tecnológico, sim. Mas é igualmente, e completamente, irrelevante. É uma bela parábola para os tempos modernos: deixa-nos de queixo caído mas não acrescenta nada para tapar o vazio que fica da boca aberta.

Dito isto, gosto muito do seu blog e identifico-me muitíssimas vezes com o que escreve e fotografa. Ah, e tenho um Iphone com aplicação semelhante...

Zé Maria 9/02/2011 2:28 da tarde  

A:
Eu não sei o que pretendia da referida aplicação que ela não faça. No meu caso ela é tudo menos irrelevante, no meu caso acrescenta imenso, deixa-me de boca aberta e saciado de informação. Não procurava mais do que ela me dá.
Poder olhar para o céu em qualquer momento, em qualquer lugar e saber que esta é a Altair, aquela é a constelação do Cisne, aqueloutra é o Escorpião, a mim enche-me de prazer e não tinha ainda encontrado melhor forma de o fazer.
Penso que está a ser profundamente injusto. Esta aplicação é das coisas mais extraordinárias que a tecnologia nos trouxe nos últimos tempos. Para a grande maioria das pessoas a informação que ela oferece é valiosíssima e fará incrementar seguramente o número de pessoas que olham para o céu com conhecimento e interesse.

hugofaria 9/03/2011 9:13 da tarde  

é sem dúvida uma excelente aplicação.. especialmente num tablet! :)

as aplicações TeamViewer, Sprinpad, Geocaching, Dropbox, XE currency e IMDB estão tanto no meu telemóvel como no tablet.. never leave home without them! :)

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP