Competitividade

>> quarta-feira, junho 27, 2012

De acordo com esta notícia do ionline (disponível, de resto, noutros jornais), o salário mínimo em França subirá para 1 425€ mensais.
Ora, se não estou enganado (e tomando como correcta esta fonte), o actual valor do salário mínimo em Portugal é 485€ mensais, ou seja, 34% do anunciado para França.
Gostaria de poder aqui acrescentar qual é a percentagem de trabalhadores nacionais que auferem aquele vencimento, comparando-a com a equivalente em França, mas não tenho esses dados.
Aqui fica um gráfico comparativo dos valores dos salários mínimos de diversos países da Europa e também dos EUA.


Aqui temos o gráfico dos custos laborais médios em diversos países da Europa:

Agora, importam-se de me explicar por que temos que reduzir os nossos salários para nos tornarmos competitivos? Estamos a competir com quem, já agora?
Ou será que, em Portugal, há um desequilíbrio brutal entre quem ganha muito e quem ganha pouco que é a verdadeira origem da nossa eventual falta de competitividade?
Estou desconfiado de que nos andam a vender gato por lebre.

1 comments:

Nana 6/27/2012 11:51 da manhã  

o salario minimo legal em França vai aumentar de 2% a partir do 1° de julho passando de facto a 1 118,36 € net por 35h/semana ou seja um SMIC net horàrio de 7,37€. O problema é que nem todos têm este SMIC minimo ...
Por outro lado, o custo salarial para o patrão é bastante pesado para as empresas e por isso é dificil aumentar a massa salarial em muitas PME ...
Mas depois seria preciso comparar também o poder de compra com os SMIC dos varios paìses ... E isso não sei onde se vai buscar os dados. Quanto "custa" a uma familia um ano na escola, um ano de seguros diversos obrigatorios, um mês de compras alimentares, a gasolina ... etc ..

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP