Tradição bárbara

>> sexta-feira, novembro 16, 2007


http://www.respect-ev.org/index.php

Sou pouco adepto de assinar petições só porque toda a gente assina. Não tenho o hábito de seguir a multidão e em geral, quando toda a gente vai numa direcção, eu tendo a olhar para a outra. Muitas vezes encontro razões para remar contra a maré.

A petição que aqui trago hoje, contudo, tem contornos de barbaridade como poucos e todos sabemos que isto é verdade.

Embora não seja novidade e já todos tenhamos lido ou ouvido algo sobre o assunto, quando recebi este link por mail tentei espreitar o horroroso filme que documenta uma mutilação de uma criança às mãos de um calmo algoz, como se estivesse apenas a remover uma cárie. Tenho consciência de que ter uma filha de uma idade muito próxima da da infeliz vítima que aqui se vê me aumentou muito a sensibilidade, mas o facto é que me deu uma revolta tão intensa que não conseguir ver mais do que alguns segundos de filme.
Não há muito que possamos fazer para evitar este tipo de coisas, mas darmos o nosso nome e endereço de e-mail é o mínimo.
Desejo sinceramente que o caudal de assinaturas seja tão expressivo que finalmente se agitem consciências e não possa mais continuar a praticar-se esta bárbara tradição.

Não recomendo a ninguém que assista ao filme, que é verdadeiramente chocante, mas não virem a cara para o lado. Leiam as informações disponíveis e engrossem o volume do protesto.

ZM

1 comments:

Alexandra 11/21/2007 12:41 da tarde  

eu, em tempos idos (durante o curso de antropologia) consegui ver, horrorizada claro, filmes destes no ambito de uma cadeira da fac., qdo recebi este mail tive a mesmissima reaccao: desligar rapido ja de olhos fechado e tudo!!! esta e uma questao culturalmente complicada, infelizmente nao e a unica do genero (o lindissimo filme "agua" aborda outra, por exemplo)

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP