Claro!

>> quarta-feira, janeiro 09, 2013

Depois do Natal tive uma prenda diferente do habitual. Não é que eu esteja acostumado a receber meias ou pijamas, mas esta prenda foi realmente original. Uma sobrinha minha, que colabora no restaurante Claro!, convidou-me para o almoço.
Almoçar no Claro! é toda uma experiência sensorial. Desde a vista ao festival de pratos e de vinhos, passando pela luz especial da Barra do Tejo, tudo parece ter sido seleccionado para nos dar prazer.
Não sou crítico gastronómico, por isso não me preocupei em recolher detalhes informativos sobre o que me foi passando pelo palato, mas posso garantir que foi seguramente a mais requintada refeição que tive o gosto de saborear em todos os anos que já vivi. Várias entradas, vários pratos, várias sobremesas, tudo foi sendo acompanhado pelo vinho perfeito para o sabor de cada garfada, como se quem colheu as uvas soubesse já qual era o destino do vinho.
Um detalhe curioso: o pão que vai estando presente ao longo de toda a refeição é feito no próprio restaurante e não deixa nada a desejar aos pães gourmet que agora se vendem por todo o lado. A manteiga está também sempre presente, nuns pequenos recipientes que contêm manteiga e flor de sal. Suponho pelo delicioso sabor que a manteiga seja Açoriana.
Felizmente lembrei-me de fazer algumas fotos, caso contrário arriscaria pensar que tudo não tinha passado de um sonho breve.




Nas duas primeiras imagens temos aspectos de parte da sala e da vista para o Tejo. Na última a sequência de vinhos que tivemos o privilégio de provar ao longo da refeição.
Infelizmente era eu o condutor e não pude passar de dois golos de cada um, mas nem por isso deixei de sentir um imenso prazer gustativo.

O chefe Vitor Claro:

Contactos:
Av. Marginal, Curva dos Pinheiros, Hotel Solar Palmeiras, 2780-749 Paço de Arcos​
​Tel: 214 414 231

Se vos der para irem almoçar (ou jantar) à homem, na zona de Lisboa, experimentem marcar mesa no Claro! Digam que vão da minha parte, a ver se repito a experiência :-)
Como costumava dizer: se for caso disso, passem por lá (e depois contem-me).
Um luxo. Claro!

3 comments:

Nana 1/09/2013 9:02 da tarde  

Que boa prenda mano !
Imagino o prazer que tiveram !
Estou com imensa vontade de tentar essa mesa também ...
Quando voltar a terras lusas ...

Jose Maria Oliveira 1/09/2013 9:05 da tarde  

Acredita que não te arrependerás. Muito bom.

Miguel Bettencourt 1/10/2013 11:31 da tarde  

Este post deixou-me a salivar...
Que belo presente, Zé. Ainda bem que o aproveitaste como mereces.
Abraço

Enviar um comentário

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP