Explorando novos territórios fotográficos

>> domingo, novembro 13, 2016

Conheço o trabalho do Tiago Figueiredo há já bastante tempo. Já tinha visto vários workshops anunciados, mas quando vi o de fotografia de rua, decidi atirar-me de cabeça sem mais contemplações. Ainda bem que o fiz.

O Tiago, como diria o Shrek, tem várias camadas, como as cebolas. Tenho a convicção de que apenas afloramos as primeiras, mas fiquei com muita curiosidade em acompanhar e perceber em maior profundidade o que tem dentro.

O Workshop obrigou-me a percorrer territórios que me são tão atraentes quanto desconfortáveis. Foi tremendamente excitante ir para a rua "imitar" os mestres, sobretudo na atitude, não tanto, evidentemente, nos resultados.
Para se ter sucesso a fotografar na rua tem que se ter uma postura simultaneamente bold e transparente. É uma espécie de caça, sem concessões, onde custa muito entrar mas que dá um gozo intenso em viver.

Estas fotos que aqui deixo hoje, foram inspiradas no modus operandi do Bruce Gilden. Não tenho pretensões de me comparar com o referido mestre, mas entrei a fundo na receita. Foi muito emocionante.























Read more...

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP