Primeiras fotos com a D7000

>> sábado, janeiro 31, 2015

Já há algum tempo que tinha decidido trocar a minha Nikon D300 pela Nikon D7000. Tive a D300 à venda durante várias semanas ou meses no OLX e no Custo Justo, mas nunca me apareceu nenhum interessado sério além dos habituais "scammers".
Na semana passada, embora eu já tivesse desistido da ideia, eis que uma amiga me contactou para saber se eu estaria interessado em vender-lhe a D300 para ela oferecer ao marido. Eu aceitei o negócio, fiz-lhe um excelente desconto (além de acrescentar alguns itens interessantes ao pacote) e comecei a procurar a minha futura D7000.
Não levei muito tempo a tropeçar num anúncio que um fotógrafo profissional (depois de aposentado de outra profissão) tinha colocado justamente no OLX. Um dos critérios que me levou a seleccionar este anúncio no meio dos outros foi que a todos pedi que me enviassem o número de série da máquina bem como uma foto feita na hora (para verificar nos sites da especialidade se havia referência do roubo da máquina e quantos disparos tinha). Este foi o único que respondeu à minha solicitação. Dois dias depois tinha trocado a minha companheira dos últimos 5 anos (comprada já usada, embora com muito pouco uso) pela máquina que prevejo que estará comigo nos próximos 8 a 10 anos. Veremos se tenho razão.

O dia de hoje, o primeiro em que consegui ter a máquina na mão com luz do dia, permitiu-me apenas apresentar uma curta colecção de exemplos, mas posso dizer que estou tremendamente satisfeito com algumas das características que procurava: imagens de boa qualidade directamente da máquina e capacidade de fotografar sem ruído com isos altos (até 1600 não se nota nada).

A ver se a minha veia criativa se anima e se trago em breve mais exemplos da fabulosa qualidade desta ferramenta.













As fotos foram todas feitas nas Casas Novas do Penedo, na inauguração de um espaço alternativo, designado Cornucópia, na qual participámos como animadores de um "workshop" de Origami.

Read more...

Almoçageme e Adraga

>> domingo, janeiro 11, 2015


Poço da Aldeia, em Almoçageme.


O coreto, ao final do dia.


Praia da Adraga, ao pôr do Sol.


"Ataque" à Praia da Adraga, por uma pandilha de participantes num raid fotográfico do Nanã Sousa Dias.

Read more...

Visita aos avós


Simão, na horta, com o avô.


Calças no estendal.

Read more...

Estaremos à beira de um salto qualitativo nas organizações?

>> quinta-feira, janeiro 08, 2015

Esta apresentação é fabulosa. Vale a pena o investimento de tempo.

Read more...

Um início auspicioso

>> quinta-feira, janeiro 01, 2015



Hoje, às primeiras horas do dia, enquanto saboreava o meu "green smoothie" matinal, comecei a ler o 1Q84, do Haruki Murakami.
A cena inicial, magistralmente escrita, tem como banda sonora esta épica sinfonia que aqui vos deixo. Convido-vos a ouvirem-na até ao fim, porque ela parece fazer sentido como um todo. A forma como Murakami ajusta a narrativa da cena à musica que a personagem ouvia no táxi onde seguia é absolutamente magnífica. A menos de 30 páginas do início do livro, estou desde já capturado para o seu universo e em pulgas para seguir adiante.

Este blog está animado :-)

Que 2015 vos (nos) corra tão épico como a música que Murakami me ofereceu nesta abertura de livro e de ano.

Read more...

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP