Simão ajuda nas mudanças...

>> sexta-feira, julho 27, 2012

DSC_7454

Read more...

Climate Change on TED

>> quinta-feira, julho 26, 2012



Alguns aspectos que destaco:

  • A temperatura média da Terra subiu já 0.8ºC desde antes da Revolução Industrial, como resposta às actividades humanas que decorreram há 50 a 100 anos.
  • Se nos mantivermos business as usual estamos a caminho de um aumento da temperatura média da Terra que poderá estar entre 5ºC e 7ºC, ainda durante este século. Eu já cá não estarei, mas os meus filhos, supostamente, estarão.
  • Um problema grave decorrente deste aumento exagerado da temperatura da Terra é que há uma série de efeitos de realimentação positiva, que o amplificam: o aquecimento dos oceanos faz com que eles libertem CO2 que têm "diluído", o que aumenta a concentração de CO2 na atmosfera; os gelos polares, quando derretem, transformam uma superfície branca reflectora numa massa de água que absorve mais energia, contribuindo de novo para o aquecimento do oceano.
  • Se se verificar um aumento de 5ºC a 7ºC, esses efeitos de realimentação tornarão o aquecimento global descontrolado e dificilmente "travável". Haverá inúmeras zonas do globo, onde hoje as temperaturas máximas são da ordem de 27ºC, que passarão a ser inabitáveis por humanos, porque a temperatura exterior poderá chegar aos 82.2ºC. Ainda neste século.

Podemos continuar a enterrar a cabeça na areia, fazendo de conta que o problema não existe ou não será assim tão grave, mas eu preferia que toda a gente se assustasse de facto, para que cada um de nós colaborasse na inevitável e urgente redução global de emissões de gases com efeito de estufa.

Read more...

Hot, Flat, and Crowded (II)

>> quarta-feira, julho 25, 2012

I dedicate this post to the climate-change deniers.

Climate-change deniers come in three basic varieties: those paid by fossil fuel companies to deny that global warming is a serious human-caused problem; those scientists, a small minority, who have looked at the data and concluded for different reasons that the rapid and extensive increase in greenhouse gas emissions since the Industrial Revolution is not a major threat to the planet’s livability; and, finally, those conservatives who simply refuse to accept the reality of climate change because they hate the solution – more government regulation and intervention.

That the climate is now changing in ways unusual against the backdrop of long-term natural variation is accepted by nearly everybody. There’s a very strong understanding among knowledgeable scientists that human activities are responsible for most of what’s unusual about the current pattern of climate changes. Yet many in the media have treated climate change as if every one of this points were still in doubt and the expert community was equally divided on them.

The current reality is that not only is the climate changing because of human activities, but there is also mounting evidence that it is changing considerably faster than even the most worried climatologists were predicting just three of four years ago, and may unfold in an even more unmanageable and disruptive manner than they expected.


"Hot, Flat, and Crowded" - Thomas L. Friedman, 2008

Read more...

Hot, Flat and Crowded

>> terça-feira, julho 24, 2012

First Law of Petropolitics:
In oil-rich petrolist states, the price of oil and the pace of freedom tend to move in opposite directions. (The higher the average global crude oil price rises, the more free speech, free press, free and fair elections, freedom of assembly, government transparency, judicial independence, rule of law, and formation of independent political parties and nongovernmental organizations are eroded.)


Second Law of Petropolitics:
Today, you cannot be either an effective foreign policy realist or an effective democracy-promoting idealist without also being an effective energy-saving environmentalist.

Excerpts from the book "Hot, Flat and Crowded", of Michael Friedman.
An interesting book, written about 4 years ago, but predicting most of the energy, demography and economy problems we are dealing with today. Recomended.

Read more...

Para fugir ao estereotipo da atleta andrógena...


... que gracinha!

Read more...

A partida

Penso que ainda não divulguei aqui claramente que estamos de partida da Terceira. Terminou um ciclo, com altos e baixos, sobre o qual, eventualmente, um dia destes farei um balanço.
Por coincidência, os nossos amigos Ross estão também de partida para os Estados Unidos. Por isso, requisitaram-me para lhes tirar o retrato da despedida. A ideia era ser um retrato da família com Angra e a Terceira em pano de fundo, claramente identificável, daí a escolha de ter o fundo relativamente focado, coisa que não faria se não fosse por essa razão.

DSC_7402
Na caldeira do Monte Brasil.

DSC_7437
Com Angra nas costas, junto à Ermida de Santo António, no Monte Brasil.

DSC_7413
De partida.

Read more...

Pelos caminhos do Monte Brasil

Neste momento, já só cá restam 3/5 da família. Eu, atrás da câmara, a mamã e o cachopo mai'novo. Aqui fica uma das últimas fotos que farei por cá.

DSC_7417

Read more...

Pic-nic nas Quatro Ribeiras

A ideia era termos ido piquenicar junto ao Dragão do Norte, nas Quatro Ribeiras, mas acabámos por chegar tão tarde ao local que decidimos ficar por um pasto a meio-caminho.
Foi divertido na mesma, embora não tenhamos chegado ao objectivo original.

DSC_7386
Como facilmente se percebe, faltam cá os meus dois mais crescidos, que entretanto já estão de volta ao continente.

Read more...

Altantis Cup em passagem pela Terceira

>> sexta-feira, julho 20, 2012

A regata Atlantis Cup, a maior regata de cruzeiro da região, este ano passa por São Miguel, Santa Maria, Terceira e Faial. Neste momento, está a agrupar aqui em Angra. Aqui ficam umas fotos das duas máquinas da frente.

DSC_7382
Este é o Soraya, um Wauquiez Centurion 40S, sobre o qual já me tinha exprimido há tempos. Penso que está neste momento no lugar da frente da classe Open.

DSC_7383

DSC_7384
Estas são do Xcape, um barco famoso, da Horta, que irá seguramente vencer esta regata, na sua classe (ORC). Trata-se do premiadíssimo Dufour 45e Performance, com mastro e retranca em carbono. Só nesses 2 "detalhes" está valor suficiente para comprar um veleiro inteiro menos performante.

São duas máquinas absolutamente fabulosas.

Read more...

Transição para um novo mundo


Via Companheiro Vasco

Este é o tema que está na ordem do dia na minha agenda.
Como família, temos dado passos decisivos nesta direcção.
A transição para um novo modelo de sociedade, mais sustentável e resiliente é inevitável. Quanto mais cedo entrarmos nesse caminho, mais adiante estaremos quando formos confrontados com a inevitabilidade.
Hábitos alimentares mais saudáveis e sustentáveis, produção do próprio alimento e energia, eficiência no uso da energia e dos recursos, redução drástica do lixo produzido, hábitos de transporte menos dependentes de combustíveis fósseis, consumo moderado de tudo o que não seja básico, aproveitamento e consumo racional da água, são tudo coisas que podemos ir avançando, para não sermos apanhados pela vaga com as calças na mão.

Read more...

Fotos soltas

DSC_7375
Simão junto ao forte de S. Mateus, por ocasião de uma visita à Gê-Questa.

DSC_7377
Lourenço, nas suas primeiras pedaladelas sem rodinhas, em casa dos nossos amigos Ross.

DSC_7378
Uma excelente refeição com os amigos Ross, onde a única coisa não vegetariana é o salmão grelhado. O branco estava uma delícia, mas não consigo lembrar-me qual era.

Read more...

Portugal Eucaliptal

>> quarta-feira, julho 18, 2012

Quando, no post anterior, fiz esta pergunta:
"O que será desses Portugueses e do território que hoje ainda povoam, à custa de muita miséria e sacrifício, daqui a mais uma ou duas décadas?", não esperava por esta resposta: Vão transformar-se no Eucaliptal das celuloses.

Quando este governo finalmente fechar a porta, deixará atrás de si uma destruição tão profunda de tudo o que era ou poderia ser produtivo em Portugal que me pergunto sinceramente se continuará a valer a pena querer cá morar.

Read more...

Conhecem Portugal?

>> segunda-feira, julho 16, 2012


No semanário Expresso desta semana (14/07/2012), no caderno Economia, estão publicados os dados que aqui apresento, tal e qual.
Eu tentei confirmar estes dados e o melhor que consegui foi um documento de 2011 que indica que 36% dos Portugueses utilizam a Internet pelo menos uma vez por semana, o que não contradiz os números publicados pelo Expresso.
Destaco que, segundo estes dados, 29% dos Portugueses utilizam a Internet diariamente e 58% nunca a utilizaram.
Somos os últimos da lista dos 27 :-(

Será que os fantásticos rapazes e raparigas que nos governam já se deram conta de que estão a governar para uma pequena parte do país? Será que eles percebem o que significa termos quase 60% da população a não utilizar Internet jamais, como diria o outro? Será que faz sentido termos duas auto-estradas de Lisboa para o Porto mas serem caminhos de terra batida os que levam os bytes para o interior do país? Tenho cada vez mais a convicção de que a maior parte de Portugal é uma coisa esquecida, perdida algures fora dos grandes centros urbanos, no tal interior que dista menos de 100km do litoral, e que na verdade não só não faz parte daquilo que este governo diz que governa como está totalmente fora da sua vista e imaginação.
O que será desses Portugueses e do território que hoje ainda povoam, à custa de muita miséria e sacrifício, daqui a mais uma ou duas décadas?
Também no Expresso desta semana apresentam o exemplo do concelho de Arronches, no destrito de Portalegre, onde em 2011 nasceram 8 crianças, mas morreram mais de 80 pessoas.
Apetece abanar aquela gente de Lisboa e gritar-lhes que acordem! Um Portugal que está neste estado de pobreza, miséria e abandono não se pode dar ao luxo de ter submarinos xpto nem restaurantes de luxo para os deputados.
Como diria a minha amiga Eugénia, "Céus!".

Read more...

Uma abordagem aos probióticos


Esta área dos probióticos tem sido uma das vertentes da mudança alimentar que temos explorado lá por casa. Não chegámos (e julgo que não chegaremos) aos fecal transplants, mas passámos a ter à mesa cultured vegetables, utilizamos Kefir, iogurtes, etc. Há 3 coisas simples que recomendo a quem quiser iniciar uma transição nos hábitos alimentares, que apresentará claros benefícios num prazo muito curto:
1 - Green Smoothies em lugar de uma das refeições do dia;
2 - Ingerir probióticos, por uma ou várias das vias que descrevi acima;
3 - Fugir do açucar, sobretudo do refinado, e reduzir tanto quanto possível a ingestão de pão branco.
Aproveitem a embalagem para reduzir o consumo de carne e verão como tudo isto vale a pena.
Somos o que comemos, muito mais do que pensamos.

Read more...

O fim de um ciclo

>> quarta-feira, julho 11, 2012

Faço minhas as palavras desta oradora.
LIKE!

Read more...

Real Estate Angra

>> terça-feira, julho 10, 2012

Há tempos fiz um conjunto de fotografias para um amigo que tenciona vender a casa.
Agora que as fotos estão já online aqui, aproveito para publicar algumas.







Read more...

North Atlantic



Um filme surpreendente, muitíssimo bem feito, cuja acção se passa "aqui" onde me encontro, no Atlântico Norte, embora na ilha mais remota do arquipélago.
É extraordinário o sentimento de intimidade que o filme constrói entre aquelas 3 almas, perdidas no meio do Altântico. Sentimos-nos quase a mais.
Faz parte de um concurso de filmes, pelo que poderão aproveitar para votar no final.
Via A Barriga.

PS: Fiquei a pensar no que gostaria de ter feito naquela situação, como controlador. Acho que lhe pediria para me legar um dos principais ensinamentos que levaria da vida. Eis o que pediria a um homem de 62 anos que voa inexoravelmente ao encontro da morte.

Read more...

Um vídeo fabuloso. Sintra em grande nível.

>> segunda-feira, julho 09, 2012


by Rok Klančnik.


Via Boulder Sintra.

Read more...

4th of July

>> sexta-feira, julho 06, 2012

Fogo de artifício do 4 de Julho, na base das Lages.
Uma festa curiosa, com um fogo de artifício à Americana.
Foi a minha primeira experiência a fotografar fogo de artifício. Não está nada de extraordinário, mas aproveita-se.

DSC_7334

DSC_7335

DSC_7344

DSC_7350

DSC_7352

DSC_7356

DSC_7359

DSC_7364

Read more...

Já só falta um bocadinho assim...

só falta um bocadinho pequenino. Se o José não atingir o objectivo não recebe nada. Seria morrer na praia. Qualquer pequena contribuição ajuda. Caso não cheguemos lá, as contribuições serão devolvidas na totalidade. Vá lá, basta um euro. (melhor são 10).
Estaremos a alimentar uma nova via de apoio financeiro aberto. O mundo precisa de acreditar nestes sistemas.
Obrigado.

Read more...

Script of the Bridge - Chameleons

>> quinta-feira, julho 05, 2012

Um dos melhores álbuns de todos os tempos. Hoje estou para aqui virado.





Boa audição.

Read more...

A campeã Dulce Félix

>> terça-feira, julho 03, 2012

Os atletas Portugueses de atletismo continuam a ser desprezados pelo país, apesar de serem dos que mais têm contribuído para que se faça ouvir A Portuguesa por esses estádios fora.
Tenho tentado ver a corrida de 10.000m da Dulce Félix, na qual conquistou a medalha de ouro no campeonato europeu da modalidade.
Até agora, o melhor que arranjei foi um pequeno filme com o relato em russo.
Fiquem então com Dulciich Fielix, uma atleta Portugalsquia.



PS: para quem já tenha feito o treino para uma maratona, ver esta prova na pista é absolutamente impressionante. As séries mais curtas que faço na pista, que são apenas de 200m, não as consigo fazer à velocidade a que esta rapariga corre durante 31 minutos seguidos. Se um dia destes forem a uma pista de atletismo, tentem dar meia volta à pista, à velocidade a que ela corre toda a prova. Isso quer dizer que terão que fazer os 200m (meia volta) em 37 segundos, mais coisa menos coisa. É uma experiência divertida. Agora imaginem o que será correr a essa velocidade durante 31 minutos, 44 segundos e 75 centésimos.

Read more...

Explorando o flash

Resultado de uma sessão de exploração e afinação do flash.

DSC_7291

DSC_7292

Nikon D300
Nikkor 50mm AF 1.4
1/80s
f/5
Flash SB600, em modo manual comandado pelo built-in flash.
Dispararam ambos, o built-in só para encher um pouco as sombras e o SB600 para iluminar lateralmente.

Read more...

The Return of the She-King

>> segunda-feira, julho 02, 2012

A propósito de um mundo mais feminino.

Dead Can Dance em grande forma.
The Return of the She-King, Dead Can Dance, Anastasis CD 2012

Read more...

We are those we've been waiting for. (#2/2)

O meu amigo José Soutelinho desenvolve já há algum tempo uma actividade invulgar que é uma espécie de consultadoria para o desenvolvimento individual. Podem consultar aqui o blog onde apresenta o seu projecto.

Ora, ele agora lançou um projecto de Crowdfunding, através do qual pretende obter parte do capital necessário para fazer uma formação em Spiral Dynamics, na Holanda.
A recolha dos donativos será feita através da plataforma PPL - People with Portugal, de uma forma que me parece bastante interessante: quem quiser colaborar neste projecto inscreve-se na plataforma, carrega o seu saldo e contribui com o que pretender. Se conseguirmos todos juntos levar o José à Holanda, ficamos todos contentes, caso contrário, se o montante requerido não for atingido, ficamos tristes, mas recebemos o nosso dinheiro de volta.

Vejam aqui os seus argumentos, num filme de produção muito caseira, que pode dar uma ideia mais sólida da boa alma que este rapaz encerra.


Eu não tenho outros argumentos para vos convencer a juntarem-se a esta causa, mas sei que vale a pena. Eu já participei.

Estão assim demonstradas algumas das vantagens do Open World, de que falei aqui.

Read more...

We are those we've been waiting for. (#1/2)



Please, watch this presentation about the four principles for an "Open world". It talks about openness, trust, collaboration, the first digital natives generation (our kids), the fabulous networked intelligence and, perhaps, a global conscience in a near future which will help us to save our commons.
Stay tuned for the following post.

Read more...

Filhos atraem filhos

Quem tem três ou mais filhos rapidamente percebe que se torna complicado deixá-los com quem quer que seja. Habitualmente as pessoas não recebem mais filhos do que os que já têm. Por isso, quem já tem muitos filhos torna-se com facilidade receptor de mais ainda. O nosso caso confirma a regra. Além dos nossos, temos com frequência outros emprestados. O único problema é que não os conseguimos transportar de carro.
Um dia destes, tivemos oito à hora do jantar. Felizmente correu tudo bem, não houve grandes disparates e foi muito divertido.
Aqui fica o registo.


Read more...

A síntese da nossa actual matriz

>> domingo, julho 01, 2012

Vejam como o capitalismo e a masculinidade poderão acabar com a humanidade, se não nos alistarmos nos exércitos que os combatem.

O Tempo e o Modo de 28 Jun 2012 - RTP Play - RTP

Haveria tanto a destacar desta reportagem, divulgada pelo Miguel, que prefiro remeter-vos para o seu conteúdo total.
Vejam com atenção e meditem nos ensinamentos de Vandana Shiva.
Esta começa a consolidar-se como a matriz do nosso pensamento actual. Nós estamos a caminhar na direcção que Shiva preconiza.
Um bom ensinamento que retiro das suas palavras é que não devo preocupar-me se irei ou não a tempo ou se a transição ainda ocorrerá durante o meu tempo de vida. Faremos o que estiver no nosso coração, independentemente do ponto a que cheguemos.
A transição está aí. Querem embarcar?

Read more...

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP