Mais um apelo a que se preservem os mares

>> terça-feira, Agosto 31, 2010



Esta é uma causa que me mantém muito preocupado. Está mais do que na altura de explorarmos os recursos marinhos de forma "suficiente". Precisamos da vida dos oceanos mais do que precisamos de camarões ou de cherne.
via: Seis Oito

Read more...

Geocaching no Jardim Duque da Terceira

Existem "tesouros" por todo o lado, incluindo bem no meio da cidade. Desta vez, não conseguimos encontrá-lo, mas havemos de voltar para o procurar com mais calma.
DSC_2901

DSC_2902
Encontrámos estes tesouros visuais.

DSC_2903
Noção de escala.

DSC_2904
A eterna atracção pela água.

Read more...

Visita relâmpago a Ponta Delgada

Numa visita muito curta a Ponta Delgada (S. Miguel), aproveitei o pretexto do geocaching para ir conhecer outras partes da cidade.

DSC_2896
Aqui, estou perto do Farol de Santa Marta, na saída poente da cidade, para o lado do aeroporto.

DSC_2897
Este é o Farol de Santa Marta, propriamente dito.

DSC_2898
Aqui estou junto ao Forte de S. Brás.

Read more...

Filme fabuloso

>> domingo, Agosto 29, 2010


Via Fotoben.

Read more...

Geocaching no Monte Brasil

>> sexta-feira, Agosto 27, 2010

No Monte Brasil, bem junto a casa, também há alguns tesouros por descobrir.

DSC_2884
Este foi particularmente divertido porque é uma caixinha minúscula, do tamanho de um rolo fotográfico de 35mm.

DSC_2886
Claro que foi um pretexto para os garotos andarem por ali a explorar a área.

DSC_2889
O céu, desta vez, não estava tão cinematográfico.

Read more...

Porto das Cinco

>> quarta-feira, Agosto 25, 2010

Depois da aventura do geocaching, fomos a banhos no Porto das Cinco, uma zona balnear junto às Cinco Ribeiras.

DSC_2867

DSC_2871

DSC_2872
Águas Açorianas, sempre transparentes.

DSC_2873
As nuvens de Agosto são fotogénicas.

DSC_2875

DSC_2891

DSC_2892

DSC_2894

Read more...

Primeira aventura de Geocaching

>> terça-feira, Agosto 24, 2010

Há pouco tempo decidi comprar um GPS de trekking para me ajudar a andar pelos montes com mais à vontade. Uma das coisas que tenciono fazer brevemente é subir ao Pico sozinho e assim vou mais descansado.
Claro que, entre diversas outras razões, uma das coisas que queria experimentar era o geocaching. Para quem não faz ideia do que estou a falar, trata-se de uma espécie de jogo global, em que alguém esconde uma "cache" (um tesouro) algures no planeta e depois manda para o site essa informação e qualquer um vai tentar descobri-la. Quando se descobre, assina-se o "log" e depois preenche-se no site a informação de que se encontrou a "cache". Para os putos é uma verdadeira aventura.
DSC_2849
O primeiro objectivo de geocaching foi a Lagoinha da Serreta, que é um dos passeios mais bonitos que se podem fazer aqui na ilha. Matou-se dois coelhos de uma cajadada. Aproveitei o GPS e fiz um bocadinho de batota: subimos grande parte do percurso de carro e só fizemos
a parte final a pé, mas temos desculpa porque levávamos 5 crianças entre os 3 meses e os 8 anos.

DSC_2850
A vista lá de cima é a que se vê nestas fotos.

DSC_2851
Como vêem, mesmo a pequena parte do percurso que fizemos deu algum trabalho.

DSC_2852
Aquela é a ilha de S. Jorge e, com um bocado de jeito, vê-se atrás a montanha do Pico, bem no meio da foto.

DSC_2853
Os quatro da vida airada no marco geodésico.

DSC_2854
Isto não é Photoshop, é o cenário que se avista do alto deste percurso.

DSC_2855

DSC_2856
Os putos com a "cache" na mão.

DSC_2858
A Lagoinha da Serreta propriamente dita.

DSC_2859
A excursão.

DSC_2860
Outra vez a Lagoinha.

Entretanto, já descobrimos uma quantidade de "tesouros" aqui na zona. Vão cá passando que ainda darei mais algumas notícias sobre o assunto.

Read more...

Relheiras de S. Brás

>> quinta-feira, Agosto 19, 2010

No último dia da estadia da Marta e da Mariana e no primeiro dos nossos visitantes seguintes, a família Iglésias que trouxe uma caixa de travesseiros da Piriquita que nos fizeram bater o coração de saudades, fomos conhecer as Relheiras de S. Brás. Trata-se de um percurso muito bonito (longo), onde se podem ver as marcas das rodas dos carros de bois no chão de rocha. É uma coisa muito curiosa, mas é apenas um detalhe de um percurso em que por vezes parece que estamos numa selva tropical. Recomendamos vivamente.

DSC_2831

DSC_2834
Este é o ponto de partida do percurso.

DSC_2835

DSC_2836

DSC_2837
Estas são as zonas mais exuberantes das relheiras. É impressionante.

DSC_2842
O Simão também fez o percurso, no seu side-car. Eu fui a mota e posso dizer-vos que cheguei ao final a escorrer água. O terreno não é propriamente fácil para aquele tipo de veículo, pelo que em grande parte do percurso, o carro foi ao colo.

DSC_2843
A vegetação é impressionante.

DSC_2845
A Marta e a Mariana em tempo de despedida.

DSC_2846
No final do percurso que decorre entre a vegetação, temos um longo regresso ao carro, por estrada de terra batida. A paisagem, ainda assim, merece registo.

DSC_2847
Esta é uma nota que eu não quis deixar de fora e que passarei a incluir sempre que for caso disso. Os Açores são um lugar encantador, mas parece que há alguns açorianos que não perceberam isso. Ninguém pode acusar "os de fora" de cá virem fazer isto. Estamos numa ilha, quem a suja somos nós que cá vivemos. Tomara que todos percebessem que isto é muito feio, triste e infelizmente frequente.
Como costumo dizer, se for caso disso, passem por lá que vale a pena.

Read more...

Festival Internacional de Folclore

Neste dia, estivémos a jantar na cidade e à vinda vimos alguns dos grupos deste festival, mas só fotografei este (Chipre).

DSC_2825

DSC_2827

DSC_2829

Read more...

A festa

>> quinta-feira, Agosto 12, 2010

DSC_2808
Lourenço e Mariana na brincadeira

DSC_2811
Olhando para a baía.

DSC_2812
As mesas (ainda meio vazias) e a paisagem. Um luxo.

DSC_2813
O anfitrião Jorge, à conversa.

DSC_2814

DSC_2815
A Mariana sempre bem disposta.

DSC_2817
O Lourenço anda encantado com esta amiga.

DSC_2818
Uma vista do jardim.

DSC_2819

DSC_2822
A criançada na galhofa.

DSC_2824
O fim do dia visto lá do alto.

Read more...

Sobre este blog

Somos Sintrenses por adopção, daí o frequente interesse por temas relacionados com Sintra. Actualmente, vivemos na ilha Terceira, nos Açores, mais propriamente na cidade de Angra do Heroísmo, o que transformou este blog, de alguma forma, num canal privilegiado para ir dando a conhecer como é a vida no meio do Atlântico.

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP